Celebre o glorioso e longo verão italiano na Puglia

Assim que chegam julho e agosto, famílias de toda a Itália fazem as malas e partem para o sul do país. É o momento de celebrar o glorioso e longo verão italiano. 

Agosto é sempre tão ensolarado que muitos restaurantes simplesmente fecham as portas e colocam uma placa avisando: “Fomos para a praia; voltamos em setembro”.

Não importa os altos e baixos da economia e da política italiana: o sul continua lá, com praias que fazem esquecer os problemas, sol forte em um céu sem nuvens e pratos deliciosos e frescos, com ingredientes pescados no mar ou colhidos nos campos e trazidos diretamente para sua mesa.

Apenas nos últimos tempos a região da Puglia começou a chamar a atenção dos turistas estrangeiros, mas ainda não foi inteiramente descoberta. É difícil dizer o que, em primeiro lugar, despertou o interesse das pessoas.

Teria sido a branca cidade de Ostuni, brilhando no alto de uma colina e visível a quilômetros de distância? Ou a histórica cidade universitária de Lecce, com construções no estilo barroco? Não! Devem ter sido as praias que nos fazem sentir mais perto do Caribe do que do Mediterrâneo, tamanhas são a transparência da água e a maciez da areia branca.

Nos meses de julho e agosto, elas ficam lotadas, mas há uma vantagem em ir para lá nessa época: essa é a estação dos festivais de música. Quase todas as noites várias cidades dançam ao som da tradicional pizzica, a dança folclórica pugliese.

Julho e agosto são os meses nos quais toda a Itália se encontra na Puglia, mas você não precisa ir para lá nesse período. Em maio, junho e setembro, a água do mar está quente, os preços são mais baixos, o comércio está aberto e não há quase ninguém nas praias. Vá fora da temporada, e você terá férias inesquecíveis.

Anteriores

Saboreie o melhor da culinária em Hoi An.

Próximo

Chegue de estômago vazio e coma a vontade, em um dos melhores lugares do Planeta.

  1. Genilda leal Melo dasilva

    Gostaria muito estas viagem eu e meu marido . portanto gostaria de saber como devo saber para e Caribe .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén