Há sempre um momento durante qualquer tratamento de spa em que você pensa: 2 “Uau, isso vai ser bom!”. 

Talvez você esteja curtindo uma sessão de aromaterapia em uma casa na árvore em Fiji, ou sendo esmagado por uma massagista poderosa em um hammam, turco; talvez esteja recebendo uma massagem a quatro mãos na Sardenha, ou uma manipulação de reflexologia em uma praia da Tailândia.

Bali é um bom exemplo disso: oferece uma abundância de tratamentos de spa, desde os mais econômicos até os mais luxuosos. Nenhuma visita à ilha é completa sem essa experiência.

As massagens indonésias consistem em movimentos demorados e vários alongamentos, manipulação das articulações e pressões com os polegares e as palmas das mãos; a paparicação acontece em sua villa, áreas de relaxamento na praia ou em jardins tropicais.

Às vezes, a impressão é de que há um salão em cada esquina (especialmente nas áreas chiques de Seminyak e Ubud, famosas devido à sua aparição em Comer, rezar e amar), e os hotéis de luxo do local oferecem alguns dos melhores spas do mundo, abertos também a não hóspedes.

Acrescente os preços excelentes, os profissionais calmos e sintonizados, e seria loucura não tirar proveito de uma pequena desintoxicação (mesmo que você planeje se intoxicar de novo em seguida).

As melhores estadias em spas de Bali, porém, não envolvem cilícios e lentilhas nutritivas, mas sem graça. Por exemplo, o Alila Villas Uluwatu, refúgio no estilo ecológico-glamouroso próximo à Península de Bukit, na costa sul de Bali.

As 61 villas com piscinas ao ar livre e cobertas, projetadas pelos arquitetos da WOHA, de Cingapura, são dignas de deslumbramento. A piscina panorâmica tem vista para o oceano Índico, e um bar cabana lounge projeta-se do penhasco.

O pacote Journey to You (“Viagem a si mesmo”) do Spa Alila inclui um dia inteiro de paparicação, começando com ioga ao amanhecer e encerrando com uma massagem sob as estrelas; talvez você alcance a “iluminação” sentado em sua prancha enquanto assiste ao pôr do sol na praia de Uluwatu.